Tem alguma questão a colocar? click aqui e deixe a sua mensagem.

Arrow up
Arrow down
  1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
Tamanho letra:

História

A Universidade Independente de Angola, UnIA – iniciou a sua actividade no dia 02 de Junho de 2004 apenas ministrando aulas do Ano Propedêutico para 4 (quatro) licenciaturas:

• Ciências da Comunicação
• Engenharia Civil
• Engenharia Informática
• Engenharia dos Recursos Naturais e Ambiente

Sendo a UnIA uma Universidade angolana achou-se por bem arrancar com o Ano Propedêutico por se julgar útil e necessário para moldar os conhecimentos dos alunos que ingressaram no ensino superior, alguns deles após largos anos ausentes do sistema de ensino devido aos de Guerra e instabilidade que o país viveu no passado.

Além do que, as proveniências são várias e os graus de formação do ensino secundário ou outros eventuais cursos médios também eram e continuam a ser muito diferentes entre os alunos.

A Universidade Independente de Angola nasceu de um sonho e representa o esforço e o entusiasmo de um grupo de angolanos dispostos a dar o seu contributo para o desenvolvimento e consolidação da Educação e do Saber em Angola.

O número de discentes matriculados em 2004 não ultrapassava os 855. E as infra-estruturas também não eram suficientes. Há quatro anos atrás iniciou-se com apenas duas salas de aulas com capacidade para 50 alunos cada. Mais tarde finda a construção do primeiro edifício pode-se acrescer a esse número mais 17 salas de aulas, 2 anfiteatros, dois laboratórios de informática, uma reprografia entre outros.

O crescimento foi deveras acelerado tentando alcançar a grande corrida dos jovens e não só desejosos de prosseguir os seus estudos após um largo período de absentismo.

Nessa altura como pontos fortes há que salientar o bom entrosamento entre a administração da DEA, a entidade instituidora da UnIA e a Reitora da Universidade, condição basilar para o êxito do projecto e como pontos fracos, a insuficiência de equipamento escolar designadamente de natureza laboratorial, com relevo para o apetrechamento da Biblioteca.

De 2004 para cá é bastante notória a evolução da UnIA como instituição do ensino superior, um desenvolvimento que traduz o empenho da generalidade dos elementos que integram a Família Universidade Independente de Angola, entre docentes, discentes, colaboradores, funcionários e demais profissionais membros dos diversos departamentos, faculdades e restantes sectores que compõem esta Casa.